Pedro Simões Coelho

Professor Catedrático (NOVA IMS)
psc@novaims.unl.pt

Pedro Simões Coelho é atualmente Professor Catedrático da Universidade Nova de Lisboa e Presidente do Conselho Científico da NOVA Information Management School (NOVA IMS). É igualmente investigador do Centro de Investigação em Gestão de Informação (MagIC) dessa universidade, Professor Visitante da Faculty of Economics – Ljubljana University (FELU), coordenador de dados e informação da Unidade de Investigação Clínica da Universidade Nova de Lisboa, membro da comissão de avaliação de tecnologias de saúde e Consultor Sénior da Comissão Europeia.

Pedro Simões Coelho foi membro do Conselho de Administração do European Master of Official Statistics (EMOS), Presidente da Assembleia Geral da Associação Portuguesa de Classificação e Análise de Dados (CLAD), Vogal do Conselho Superior de Estatística de Portugal e Presidente do Conselho fiscal do Centro Europeu de Estatística para os Países em Vias de Desenvolvimento (CESD-Lisboa) e Diretor da NOVA Information Management School.

Pedro S. Coelho tem Agregação em Estatística (NOVA), Doutoramento em Estatística, Mestrado em Estatística e Gestão de Informação e Licenciatura em Engenharia de Sistemas Decisionais.

Tem lecionado em cerca de 30 cursos de licenciatura e pós-graduação, em Modelagem de Equações Estruturais, Metodologias de Investigação, Amostragem, Métodos de Sondagem, Estudos de Mercado, Metodologias de Recolha e Análise de Dados.

É autor de mais de cerca de duas centenas de estudos e projetos, destacando-se a coordenação do Índice Nacional de Satisfação do Cliente (ECSI-Portugal) e do Índice de Sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde, bem como diversos projetos no âmbito da avaliação de impacto para o estado português e organizações internacionais (ex. Comissão Europeia e OCDE).

É autor de mais de uma centena de publicações científicas e apresentou igualmente perto de uma centena de seminários, conferências e comunicações. Tem sido consultor de diversas organizações, destacando-se o Eurostat, o Banco de Portugal, o Instituto Nacional de Estatística e a Comissão Europeia. Na sua qualidade de consultor sénior da Comissão Europeia, desenvolve atividade relativa à criação e aplicação de metodologias no âmbito da avaliação da aplicação dos fundos estruturais.

  • Desenvolvimento de escalas
  • Estudos de Mercado
  • Metodologias de Investigação
  • Métodos Analíticos Descritivos em Marketing
  • Métodos Estatísticos I
  • Métodos Estatísticos II
  • Recolha de Dados, Fontes Administrativas e Big Data
  • Seminário de Investigação II
  • Sondagens
  • Teste de teoria com modelos de equações estruturais