“As mais das vezes que falo e ouço falar sobre este mestrado, o destaque vai para a formação específica de cada uma das vertentes da advocacia e da magistratura. Essa terá sido uma das principais razões que me levou a escolhê-lo, mas, ainda que de merecido destaque, não será uma das principais por que hoje sei que foi uma escolha acertada (digo-o pela vertente da magistratura, mas afianço-o do mesmo modo pela vertente da advocacia). Foi-o pelos Professores, que, com diversas experiências profissionais, assumiram a missão de nos encaminhar nos primeiros passos da vida académica para a profissional (várias vezes nos pondo desafios para os quais só depois nos descobrimos preparados) e que, imprescindíveis nesta fase da primeira, se mostram maiores trunfos como exemplos da última. Foi-o pelos conteúdos, cuja seleção nem sempre foi evidente, mas veio, mais tarde ou mais cedo, a revelar-se adequada. Foi-o porque está imbuído do espírito desta Casa, de abertura, de proximidade e de prática. O Mestrado em Forense e Arbitragem acolhe diversos percursos e diferentes objetivos e tem provado cumprir o seu: ajudar-nos a abrir portas para sermos profissionais de e com valor, qualquer que seja o nosso caminho.”