Claire Bright

Professora Auxiliar
claire.bright@novalaw.unl.pt

Claire Bright é Professora Auxiliar de Direito Privado da NOVA School of Law, em Lisboa e Investigadora Associada no Instituto Britânico de Direito Internacional e Comparado. É especialista em Direito Privado Comparado e em Empresas e Direitos Humanos. Doutorada em Direito Internacional pelo Instituto Universitário Europeu, possui um Mestrado em Direito Internacional Privado e Direito do Comércio Internacional pela Faculdade de Direito La Sorbonne e uma licenciatura em Direito Francês e Inglês pela Universidade Paris-Est.

Antes de integrar o corpo docente da Nova School of Law, foi Investigadora Associada no Programa do Centro de Estudos Sócio-Jurídicos da Universidade de Oxford, Professora Associada na Universidade de Oxford Brookes e Professora na Escola de Economia e Gestão de Londres. Foi também bolseira do programa Max Weber no Instituto Universitário Europeu de Florença.

Organiza eventos com regularidade e realiza workshops de formação na área das Empresas e Direitos Humanos. Além disso, foi também consultora de várias ONGs e da Organização Internacional do Trabalho.

É convidada com regularidade para ser oradora em palestras sobre Empresas e Direitos Humanos em várias instituições, incluindo a Universidade do Minho (Braga), a Universidade de Ca ‘Foscari (Veneza), a Universidade de Temple (Roma) e o Centro Interuniversitário Europeu de Direitos Humanos e Democratização (Veneza).

Até o momento, tem várias publicações científicas em inglês, francês, italiano e espanhol, incluindo na Business and Human Rights Journal, no European Yearbook on Human Rights, no Droit Social e no Anuario español de derecho internacional privado. Além disso, recentemente foi co-autora de dois importantes estudos para instituições europeias:

 

Serviço de Assistência a Aluno/as:
5.ª Feira das 15h às 16h30
6.ª Feira das 11h30 às 13h30
(inscrições por e-mail)

 

NOVA Research Portal  |  Linkedin

Licenciatura (1.º Ciclo):

  • Direito Comparado dos Contratos,
  • Direito do Comércio Internacional

 

Mestrado (2º Ciclo):

  • Gestão do Risco em Contratos de Financiamento
  • Negócios, Direitos Humanos e Sustentabilidade
  • Arbitragem Comercial Internacional

 

Recebeu o Prémio eLearning Practitioner em 2016 pelo uso de metodologias inovadoras no desenvolvimento e disponibilização de cursos de grau académico.

Monografias:

  • L’accès à la justice civile en cas de violations des droits de l’homme par des entreprises multinationales [Access to Civil Justice and Corporate Human Rights Violations]. [Online], Cadmus. Florence: European University Institute, 2013. Available here: http://hdl.handle.net/1814/29602

 

Relatórios Políticos:

 

Artigos de Revistas Científicas:

  • “Business views on mandatory human rights due diligence regulation: a comparative analysis of two recent studies”, co-authored with L. Smit, I. Pietropaoli, P. Hood and J. Hughes Jennett Accepted for publication. Business and Human Rights Journal (2020).
  • “Corporate Accountability Mechanisms in EU Member Stats for Human Rights Abuses in Third Countries”, co-authored with A. Marx, N. Pineau and J. Wouters, European Yearbook of Human Rights, 2019.
  • “Le devoir de diligence de la société mère dans la jurisprudence anglaise [The Duty of Due Diligence of the Parent Company in English case-law], 10 Droit Social, 2017, 828-833.
  • La excepción de orden público internacional como fundamento de denegación del reconocimiento del repudio islámico [The public policy exception to the recognition of foreign judgments on islamic “talaq”], Anuario español de derecho internacional privado [Spanish Yearbook of Private International Law] 2010, 717-729.

 

Capítulos de Livros:

  • “Hardening Soft Law: the Implementation of the Human Rights Due Diligence Requirements in Domestic Legislations”, co-authored with Chiara Macchi, in M. Buscemi, N. Lazzerini and L. Magi (eds.), Legal Sources in Business and Human Rights – Evolving Dynamics in International and European Law (forthcoming, Brill, 2020).
  • “L’accès à la justice et les droits fondamentaux des travailleurs: aspects de droit international privé” [Access to Justice and Fundamental Workers’ Rights: Private International Law Aspects], co-authored with Professor Marie-Ange Moreau, In Isabelle Daugareilh (ed.), L’accès à la justice sociale: La place du juge et des corps intermédiaires, Approche compatative et internationale (Bruylant, 2019), 213-233.
  • The Civil Liability of the Parent Company for the Acts or Omissions of Its Subsidiary: The Example of the Shell Cases in the UK and in the Netherlands, in A. Bonfanti (ed.) Business and Human Rights in Europe: International Law Challenges (Routledge, 2018), 212-222.
  • “The ONIAM Model”, co-authored with C. Hodges, in S. Macleod and C. Hodges (eds.), Redress Schemes for Personal Injuries (Hart Publishing, 2017), 427-437.   
  • “Quelques réflexions à propos de l’affaire Shell aux Pays-Bas” [Some Reflections on the Shell Case in the Netherlands], in Société française pour le droit international, L’entreprise multinationale et le droit international (A. Pédone, 2016), 127-142.
  • “The Implications of the Kiobel v. Royal Dutch Petroleum Case for the Exercise of Extraterritorial Jurisdiction”, In A. Di Stefano, C. Salamone and A. Coci (eds.), A Lackland Law? Territory, Effectiveness and Jurisdiction in International and EU Law (Giappichelli, 2015), 165-181.

 

Artigos Científicos:

  • “Creating a legislative level-playing field in Business and Human Rights at the European level: is the French Duty of Vigilance Law the way forward?”, EUI Working Paper, EUI MWP 2020.01, 1-10.
  • L’esercizio extraterritoriale della giurisdizione civile con riferimento ai gravi violazioni dei diritti umani da parte delle imprese [The Exercise of Extraterritorial Civil Jurisdiction in Relation to Serious Human Rights Violations Committed by Multinational Corporations] (2015/44 EUI Working Papers, 2015), 1-10.
  • “Corporations and Social Environmental Justice: the Role of Private International Law”, co-authored with Dr Benedict Wray, In Antoine Duval and Marie-Ange Moreau (eds.). Towards Social Environmental Justice?. (EUI Working Papers, 2012), 75-94.

A Professora Claire Bright tem-se focado na área das Empresas e Direitos Humanos.