Doutoramento

Estudos de Género

Apresentação

O Doutoramento em Estudos de Género resulta de uma associação entre a Universidade NOVA de Lisboa, através da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (NOVA FCSH) e da NOVA School of Law, e a Universidade de Lisboa, através do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP)

O programa de doutoramento tem por missão contribuir para a afirmação dos Estudos de Género como área científica autónoma de investigação e formação avançada, preparando investigadores/as neste domínio e profissionais, quadros superiores e dirigentes capazes de analisar, de forma crítica e reflexiva, temas relacionados com as questões de género e sobre elas intervir nos mais diferentes sectores e atividades sociais e políticas. Proporciona uma sólida formação avançada, preparando investigadores/as para a produção de conhecimento de elevada qualidade na área inovadora dos Estudos de Género.

Trata-se do primeiro e único doutoramento em Estudos de Género em Portugal, com um corpo docente altamente qualificado, com produção científica e académica reconhecida nacional e internacionalmente. Proporciona um ambiente académico de excelência, com a presença de estudantes estrangeiros/as.

As aulas terão lugar em Lisboa, rotativamente no ISCSP-ULisboa, na NOVA FCSH e na NOVA School of Law. 

No ano letivo 2022/23, a instituição anfitriã é a NOVA School of Law, no Colégio Almada Negreiros (Campus de Campolide).

Coordenação

Teresa Pizarro Beleza

Manuel Lisboa
NOVA FCSH

Anália Maria Cardoso Torres
ISCSP - ULisboa

Coordenação Executiva

Helena Pereira de Melo

Objetivos

  • Contribuir para a afirmação dos Estudos de Género como área científica autónoma de investigação e formação avançada através de uma aprendizagem orientada, com critérios de elevada exigência e rigor.
  • Desenvolver competências teóricas, metodológicas e analíticas necessárias para a realização de investigação original que contribua para o avanço do conhecimento na área.
  • Estimular percursos de autoaprendizagem, incentivando o trabalho autónomo, a análise crítica e a capacidade de comunicação e de difusão do conhecimento.
  • Promover a integração dos/as estudantes em redes de investigação, facilitando a mobilidade nacional e internacional.

Documentos referentes ao processo de acreditação

Manual de boas práticas

Plano Curricular

1º Semestre ECTS
Obrigatórias
Género, Igualdade e Direitos Humanos 8
Teorias de género, feministas e estudos sobre as mulheres 8
Metodologias da Investigação 8
Temas Avançados em Estudos do Género I 6
2º SemestreECTS
Obrigatórias
Seminário de Investigação I8
Temas Avançados em Estudos de Género II6
Género e Ciências Humanas8
UC de Opção8
Opcionais (*a confirmar)
Género, Demografia e Saúde8
Identidades, Corpo e Sexualidades8
Teorias feministas e de género, estudos LGBTIQ+, movimentos sociais8
Direito Internacional e Europeu e Igualdade de Género8
Masculinidades8
Globalização, Migrações, Desigualdades8
3º a 8º Semestre ECTS
Obrigatórias
Tese 160
Seminário de Investigação II (3.º semestre) 5
Seminário de Investigação III (4.º semestre) 5
Seminário de Investigação IV (5.º semestre) 5
Seminário de Investigação V (6.º semestre) 5

Propinas

Valor Total da Propina (Estudante Nacional e Internacional): 6500.00€

Prestações1ºano2º ano3º ano4º ano
Propina Base – Ato de matrícula700n.an.an.a
1.ª Prestação – 31 de outubro100500400400
2.ª Prestação – 31 de janeiro500500300300
3.ª Prestação – 30 de abril500500300300
4.ª Prestação – 30 de junho200500250250
Total2000200012501250

As propinas são de valor anual e são devidas integralmente quando ocorra matrícula no curso, mas o pagamento em prestações é permitido se for da conveniência dos/as estudantes. Portanto, em caso de desistência, não há lugar à devolução de propinas já pagas. Há ainda lugar ao pagamento das prestações da propina por vencer respeitantes ao ano letivo a que respeite a matrícula/inscrição.

Os pagamentos deverão ser efetuados por Multibanco ou Paypal através das referências disponíveis na área reservada. O não pagamento da propina nos prazos indicados poderá implicar juros de mora sobre o valor a liquidar ou a suspensão da matrícula e inscrição, bem como a nulidade de todos os atos praticados no ano letivo a que respeite o incumprimento.


Desconto Financeiro

Os/as alunos/as que optem por pagar as propinas num pagamento inicial único, no ato da matrícula, têm um desconto de 5% sobre o valor a pagar.

Taxas e Emolumentos

  • Taxa de Candidatura: 51,00€
  • Custo administrativo por inscrição/matrícula (anual): 35,00€
  • Seguro escolar (anual): 3,00€

A leitura desta informação não dispensa a consulta do edital de propinas e da tabela de emolumentos em vigor no respetivo ano letivo.

Calendário

1.º Semestre

DataEvento
De 3 de outubro de 2022 a 20 de janeiro de 2023Aulas
De 19 de dezembro de 2022 a 3 de janeiro de 2023Férias de Natal
Até 28 de fevereiro de 2023Entrega dos trabalhos das disciplinas
Até 17 de março de 2023Lançamento das notas do 1.° semestre

2.º Semestre

 

DataEvento
De 23 de fevereiro de 2023 a 7 de junho de 2023Aulas
De 20 a 22 de fevereiro de 2023Férias de Carnaval
De 3 a 11 de abril de 2023Férias da Páscoa
De 13 a 17 de fevereiro de 2023Inscrição nas unidades curriculares do 2.° semestre
Até 30 de junho de 2023Entrega dos trabalhos das disciplinas
Até 30 de julho de 2023Lançamento das notas do 2.° semestre
Até 31 de agosto de 2023Entrega do projeto de tese de doutoramento para discussão
De 25 a 29 de setembro de 2023Época especial em setembro para a entrega de trabalhos atrasados do 1.° e 2.° semestres
Até 29 de setembro de 2023Discussão dos projetos de tese de doutoramento
Até 13 de outubro de 2023Entrega da versão final do projeto de tese de doutoramento
Até 10 de novembro de 2023Lançamento das notas finais (projeto de tese e disciplinas em atraso)

Candidaturas

2022/2023

Duração: 8 Semestres

240 ECTS

Lecionado em português

Vagas

Total de vagas: 20
Vagas para a 1ª fase de candidaturas: 10
Vagas para a 2ª fase de candidaturas: 10


1.ª Fase de candidaturas:

  • Apresentação das Candidaturas: 1 de março a 19 de abril
  • Entrevistas: 10 de maio
  • Publicação dos resultados: 17 de maio
  • Reclamação sobre resultados: 17 a 21 de maio
  • Matrículas: 23 a 27 de maio

2.ª Fase de candidaturas:

  • Apresentação das Candidaturas: 30 de maio a 24 de junho
  • Entrevistas: 11 de julho
  • Publicação dos resultados: 15 de julho
  • Reclamação sobre resultados: 15 a 19 de julho
  • Matrículas: 20 a 25 de julho

3.ª Fase de candidaturas*:

5 vagas

  • Apresentação das Candidaturas: 27 de julho a 28 de agosto
  • Entrevistas: 8 de setembro
  • Publicação dos resultados: 12 de setembro
  • Reclamação sobre resultados: 12 a 16 de setembro
  • Matrículas: 19 a 23 de setembro

Requisitos

 São admitidos/as como candidatos/as:

  •  Titulares de Mestrado ou equivalente legal em diferentes áreas científicas como Ciências Sociais e Humanas, Ciências da Vida, Ciências Tecnológicas, ou quaisquer outras áreas científicas e artísticas;
  • Quem detenha currículo escolar, científico ou profissional especialmente relevante para os Estudos de Género, que indicie capacidade para a realização com sucesso deste ciclo de estudos.


Critérios de Seleção e Seriação

As candidaturas são seriadas pela Comissão Coordenadora e Conselho Científico do Programa de Doutoramento, de acordo com a pontuação baseada no mérito individual, segundo os seguintes critérios. Só serão admitidas candidaturas com uma pontuação final igual ou superior a 14 em uma escala de 0 a 20.


Perfil A | Candidaturas com licenciatura e mestrado
  • Graus académicos – 10% (Licenciatura), 20% (Mestrado);
  • Curriculum vitae– 30%;
  • Proposta de tema e da carta de motivação – 20%;
  • Entrevista com membros da Comissão Coordenadora e/ou do Conselho Científico do Programa de Doutoramento – 20%.

Perfil B | Candidaturas só com licenciatura 
  • Graus académicos – 10% (Licenciatura);
  • Curriculum vitae– 50%;
  • Proposta de tema e da carta de motivação – 20%;
  • Entrevista com membros da Comissão Coordenadora e/ou do Conselho Científico do Programa de Doutoramento – 20%.

Instrução das Candidaturas (Online):

  • Preenchimento do impresso de candidatura (online);
  • Pagamento da taxa de candidatura através das referências multibanco ou Paypal (51€);
  • Submissão online dos seguintes documentos:
      • Documentos comprovativos de que o/a candidato/a reúne as condições acima referidas;
      • Curriculum vitae atualizado (Modelo Europass http://europass.cedefop.europa.eu/pt/documents/curriculum-vitae);
      • Proposta de tema no âmbito dos Estudos de Género a desenvolver no Doutoramento (máximo 500 palavras);
      • Carta de motivação, detalhando as razões pelas quais deseja seguir o programa de estudos (máximo 300 palavras);
      • Cópia do Cartão de Identificação ou Passaporte;
      • Os/as candidatos/as devem apresentar, no ato da candidatura, o pedido de creditação de formações académicas e experiências profissionais obtidas anteriormente ao ingresso no ciclo de estudos. Para o efeito, o/a candidato/a deve preencher um formulário próprio e juntar toda a documentação relevante. Quando o pedido ocorra no ato da candidatura, a creditação não é condição suficiente para o ingresso no ciclo de estudos e só produzirá efeitos após a respetiva admissão.

As candidaturas que não sejam instruídas com todos os documentos ou cuja taxa de candidatura não tenha sido paga serão liminarmente indeferidas.

Os/as candidatos/as com habilitações estrangeiras devem enviar histórico escolar que conste o coeficiente de rendimento ou declaração com a média final.  Os/as candidatos/as ficam condicionados/as ao respetivo reconhecimento ou equivalência formal das habilitações estrangeiras por autoridade portuguesa competente, ao abrigo do regime do Decreto-Lei n.º 66/2018, de 16 de agosto (certificado ou comprovativo de submissão do pedido a apresentar até outubro).